Notícias
Pesquisar
Duplicação da BR-153/SP entre km 72,1 e km 74,9 pode ser acompanhada via web e em tempo real



Desde o mês de agosto deste ano, a concessionária Triunfo Transbrasiliana, responsável pela administração da BR-153 no trecho paulista, trabalha  na duplicação da rodovia entre os quilômetros 72,1 e 74,9 (que ligam os municípios São José do Rio Preto e Bady Bassit) e na construção de um dispositivo de retorno em desnível no km 72,8. Atualmente em fase de terraplanagem e início da pavimentação, as obras têm movimentado a economia da região e estão em ritmo avançado.

Sempre perto e sempre junto de seus usuários, a Concessionária irá disponibilizar, a partir desta sexta-feira (06), um hotsite para que todos possam acompanhar o andamento das obras de duplicação por câmeras (via fotos) e de maneira transparente. No endereço www.triunfotransbrasiliana.com.br/duplicacaobr153sp72ao74, além do dia a dia dos 2,8 quilômetros de duplicação e do dispositivo de retorno em desnível, será possível monitorar o percentual de evolução de cada etapa, desde os serviços iniciais até a instalação de iluminação. Curiosidades, números, mapa da obra e canais de contato para informações ou dúvidas também estão disponíveis no site.

Com soluções modernas, que obedecem a padrões internacionais, a ampliação garantirá mais segurança, fluidez, conforto e comodidade para os motoristas que trafegam no local. O investimento é de aproximadamente R$ 20 milhões e serão gerados cerca de 100 empregos diretos, além de tributos e atração de empresas às margens da rodovia. O início das obras de duplicação representa um marco para o desenvolvimento da infraestrutura de transporte. O prazo para a conclusão da obra é de 12 meses.
Para saber mais sobre a duplicação do trecho, os usuários podem tirar dúvidas a qualquer hora do dia ou da noite gratuitamente pelo telefone 0800 72 30 153, acessando o site www.triunfotransbrasiliana.com.br/duplicacaobr153sp72ao74  ou por meio do e-mail ouvidoria@triunfotransbrasiliana.com.br.


Fonte: Triunfo Transbrasiliana
06/10/2017 às 10:33