Notícias
Pesquisar
Triunfo Transbrasiliana lança campanha contra a combinação álcool e direção



Sempre engajada na disseminação de boas práticas ao longo do trecho paulista da BR-153, a Triunfo Transbrasiliana lança mais uma campanha de conscientização e segurança. A campanha "Parece inofensivo, mas, dirigir alcoolizado é crime!", alerta aos usuários sobre os perigos de misturar álcool e direção, além de ressaltar que a prática é passível de multa no valor de R$ 2.934,70 e possibilidade de detenção de até 8 anos. 

A ação, que irá durar todo o mês de julho, contará com a divulgação de peças no site institucional (www.triunfotranbrasiliana.com.br), na conta do Twitter da Concessionária (@br153sp), cartazes fixados nas cabines das quatro praças de pedágio (Onda Verde, José Bonifácio, Lins e Vera Cruz) e com mensagens nos painéis de mensagens variáveis (PMV’s) ao longo do trecho. A Concessionária realiza constantemente campanhas para reduzir número de vítimas no trânsito, contribuindo para um dos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável da ONU, que busca reduzir pela metade as mortes e os ferimentos globais por acidentes em estradas até 2020.

Diversos estudos comprovaram que, por menor que seja a quantidade ingerida, o álcool diminui os reflexos e dificulta o raciocínio do motorista. Para se ter uma ideia, a ingestão de apenas dois copos de cerveja pode fazer com que o tempo de reação do condutor no trânsito aumente de 0,75 segundo para 2 segundos. Muitas pessoas, porém, ainda insistem em dirigir após consumirem bebidas alcoólicas.

Segundo dados do Ministério da Saúde, 21% dos acidentes no Brasil e a maioria dos acidentes fatais nas rodovias do país têm como causa o uso do álcool. O estudo revelou ainda que é a situação no estado de São Paulo é pior. O levantamento apontou que somente no estado o número dobra, chega a 40%. As principais vítimas são homens entre 20 e 39 anos.

“Nosso alerta é em defesa da vida. É preciso mudar nosso comportamento no trânsito, afinal, quem bebe e pega o volante, coloca em risco a sua própria vida e a vida de outros usuários”, ressalta a gerente de Comunicação e Sustentabilidade da Triunfo Transbrasiliana, Pricilla Ratto.

Dirigir alcoolizado é crime! Portanto, se beber, entregue o carro a uma pessoa habilitada que não tenha consumido bebida alcoólica; Utilize transportes alternativos, divida uma carona e determine um motorista da vez; Não aceite carona de pessoas que beberam e que se consideram aptas para dirigir.
 


 
 


Fonte: Triunfo Transbrasiliana
04/07/2018 às 10:30